Buscar
  • Fabiano Birchal

O Intraempreendedorismo pode Transformar a sua Empresa!

Atualizado: há 6 dias

O contexto dinâmico, imprevisível, líquido e complexo da sociedade e cenário de negócios contemporâneos impõe às empresas uma urgente necessidade de Transformação. Essa transformação vai além das fronteiras tecnológicas, vai além do desenvolvimento digital: trata-se de uma reprogramação do modo de ser e fazer das organizações e, é claro, dos profissionais.


Nesse particular, as organizações estão redirecionando o foco das iniciativas de Inovação: de um posicionamento muito orientado a Produtos e Serviços, para uma abordagem ampla, que abarca Estratégia, Modelo de Negócio, Processos, Tecnologias, Portfólio de Soluções e Cultura.


É nesse contexto, pois, que o Intraempreendedorismo se revela como uma vertente poderosa para promover a cultura de experimentação, inovação e aprendizado, habilitando o desenvolvimento de melhorias e inovações diversas para as organizações, em perspectiva processual e cultural, e não apenas como projeto específico ou ação isolada.


O termo intraempreendedorismo foi criado por Gifford e Elizabeth Pinchot no final da década de 1970, para caracterizar as ações das empresas no sentido de criar um ambiente interno de incentivo à criatividade, à aceitação de riscos e à inovação.

As pessoas intraempreendedoras assumem a responsabilidade pela criação de inovações de qualquer espécie dentro de uma organização, exercendo competências empreendedoras como identificação de oportunidades, iniciativa, visão de futuro, criatividade, design de soluções e gestão de riscos. São importantes forças de inovação e renovação estratégica dentro das empresas.


As iniciativas intraempreendedoras podem ser direcionadas ao desenvolvimento de novas soluções, redesenho de processos, criação de projetos pontuais, validação de novas tecnologias e/ou produtos digitais, dentre outras possibilidades. Podem trazer benefícios como:

  • redução de custos / savings

  • eficiência operacional

  • integração de pessoas, times, áreas e unidades de negócio

  • transformação cultural, dentre outros.


Para habilitar o intraempreendedorismo em uma organização, pode-se estruturar uma série de iniciativas coordenadas. Aqui, destaco o Programa de Intraempreendedorismo: um projeto especial, conectado a diretrizes estratégicas da organização, e que pode ser conduzido ao longo de até 20 semanas, assumindo o desenho de um programa interno de aceleração e desenvolvimento de ideias e pessoas. A título de exemplo, um programa de tal natureza seria composto de:

  • Definição dos Desafios / Temáticas a explorar (conectadas às estratégias da organização)

  • Comunicação do Programa

  • Composição das Equipes participantes

  • Bootcamp: trilha de qualificação e desenvolvimento de competências, como metodologias ágeis, cultura lean e design thinking

  • Trilha de Mentorias para as equipes participantes (mentor@s externos e internos)

  • Check-Points internos (com as áreas de negócio e operação envolvidas e/ou impactadas)

  • Hackathon (para conexão com a comunidade empreendedora / desenvolvedora)

  • Demoday


Dentro de cada tópico mencionado, há uma série de elementos, como propósito, design da experiência, equipe de facilitação, recursos, métricas de sucesso, dentre outros.


É importante destacar que, como especialista em programas de inovação e intraempreendedorismo, a iconee reconhece que cada organização (sim, a sua empresa) pode demandar um desenho particular, para se adequar às peculiaridades do seu negócio. Por isso não acreditamos em soluções de prateleira, mas em uma cocriação colaborativa com cada cliente, para que os seus propósitos e expectativas sejam sempre considerados.


Quer saber mais sobre Intraempreendedorismo e sobre outras possibilidades de soluções nessa temática?


Vamos agendar um café virtual para explorar como a cultura e práticas intraempreendedor as podem transformar positivamente a sua organização!

Abraços,

Fabiano Birchal - Founder e Líder Executivo | iconee

fabianobirchal@iconee.com.br | (31) 99768-0376



Referências:

  • APPELO, J. Management 3.0: Leading Agile Developers, Developing Agile Leaders. Pearson Education, Inc. 2011.

  • DRUMMOND, R. Fazendo a inovação acontecer. 1 ed. São Paulo: Planeta Estratégia, 2018.

  • GRANT, A. Originais: como os inconformistas mudam o mundo. 1 ed. São Paulo: Sextante, 2017.

  • HAMEL, G.; ZANINI, M. Humanocracy: creating organizations as amazing as the people inside them. 1 ed. Harvard Business Review Press, 2020.

  • LALOUX, F. Reinventando as organizações. 1 ed. Curitiba: Voo, 2017.

  • ROGERS, D. Transformação digital: repensando o seu negócio para a era digital. 1. ed. São Paulo: Autêntica Business, 2017.

Sobre o autor:

Fabiano Birchal - Especialista em Inovação e Gestão

Mestre em Administração (UFLA) e Especialista em Gestão de Pessoas (FDC). Atua nas áreas de Inovação e Transformação Digital, Desenvolvimento de Pessoas e Empreendedorismo. Fundador e Líder Executivo na iconee; Ampla experiência como Gestor e Consultor de empresas, tendo desenvolvido e executado projetos em setores diversos, a saber: Tecnologia da Informação; Automotivo; Saúde; Consultoria; Aceleração de Startups; Educação, dentre outros. Professor de Pós-Graduação na FDC, Skema, Grupo ANIMA, PUC Minas, Carta Consulta e IGTI; Mentor em Programas de Startups; TEDx Speaker; Certificado no método LEGO® Serious Play; Certificações pelo MIT; San Diego University; Michigan University; Babson College; Boston Consulting Group; Kaos Pilot.

https://www.linkedin.com/in/fabianobirchal

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo